Desventuras insólitas e sei lá...

segunda-feira, março 30, 2009

Desespero Pela Manhã

Nada mais gostoso que
aquele desespero pela manhã
Os passarinhos cantando na jabuticabeira
E um tédio que vem me consumindo,
como se começasse na testa,
se espalhasse lentamente,
passando pelas costas e
enchendo o peito!

Então penso nos homens,
no quanto estão abaixo de mim e
no quanto são insuportáveis,
nasce um sorriso bobo,
um sarcasmo bailarino.

Depois
abaixo a cabeça,
meu coração é torcido,
mas não cai uma lágrima.
O tempo me deixou seco.
Talvez seja a brisa matutina...
Oh, vontade de dormir um sono
tranqüilo e eterno...
Como amar é bom!

E foi assim que de repente
me veio aquela
vontadinha de morrer
que quase me faz
chorar!

Nenhum comentário: