Desventuras insólitas e sei lá...

quinta-feira, março 12, 2009

Notícias de Última Hora

imagem por jdmrhd
A vida é dura, eu sou mesmo o máximo. Um grande sujeito! Mas preciso falar sobre assuntos mais específicos. Vamos ver as notícias. "Jornalista que atirou sapatos em Bush pega 3 anos de prisão", bem, isso parece mais fofoca que política. "Vídeo de ex-BBB vira sensação na internet" e eu sei lá quem é essa! Não gosto de jornalismo, é chato demais! Posso ficar velho o tanto que for, pouca coisa do jornalismo salva, tem procurar, é foda! Muito melhor ler livros! Não precisamos saber o que realmente mudou neste ano! As coisas não mudam rapidamente como querem que acreditemos. Precisamos de uma visão mais global, visão dos séculos, dos tamanhos, das diferenças. Tragédias domésticas, fofoca sobre presidentes, pequenas mudanças políticas (aumentou uma taxa ali, fizeram um acordo ali), isso não vale muita coisa. Manchete principal no site do O Globo: "Mais uma casa é assaltada em Santa Teresa. Um dos ladrões tinha 10 anos". Estadão realmente parece ser um pouco mais sério que os outros, mas ainda é muito chato. É importante assistir jornal, o caralho! Tem que por vírgula antes de "o caralho" mesmo?

3 comentários:

leitora disse...

Isto é o que chamamos de cotidiano... ele está ai, não há como escapar.
Agora, Puta que pariu! leonardopriori, que site é aquele? de informática? que língua é aquela? aquilo está para mim assim como a rebinboca da parafuseta ou o contra-pino da graxeta do motor do meu carro, que eu nem faço idéia de como funciona..hehehe
... deus me livre! entendi nada!
explica ai pra nós, uai!

Rafael disse...

Bom, ter uma visao global das coisas, ou seja, conheçer história, é mais importante que acompanhar notícias. É como contar os parafusos de uma construção de um prédio estando no milésimo andar e nunca ter ido à portaria. É eu sei. Tenho que parar com analogias. Mas eu não consigo, é uma doença. Um dia eu paro. Como um cara que parou de fumar.

Luiz Netto disse...

A foto da manchete do gato gordo foi extremamente feliz, uma demonstração do desespero comercial das notícias, que quando não são fantasiosas, especulativas, semi-obsoletas, são isso: Um gato gordo, um gordo gato. Uma notícia que nem vende, nem impressiona, nem nada. Um sério insulto a capacidade de julgo, de raciocinar da população, ou de pelo menos uma parte dela. As coisas vem e vão muito rápido hoje em dia, chegamos a um ponto que o hoje já é passado e portanto, uma análise do momento é ineficaz e esse é o ponto final. Contudo, um avião caiu no estacionamento do Flamboyant depois de várias audaciosas manobras e perseguições. Algumas coisas salvam vez ou outra.