Desventuras insólitas e sei lá...

terça-feira, abril 28, 2009

Estar por Aqui

imagem por bright

Que coisa estranha estar por aqui, andando, dizendo e tendo que conviver com um órgão que pensa. Muito esquisito os pés pisando no chão de milhões de quilômetros quadrados e de vários andares. Há ruas que passam sobre ruas! Tenho visto pedras em qualquer canto não edificado, árvores por todos os lados, pessoas que falam diversos idiomas, nascimento e morte para todos, pães mofados, laranjas vermelhas, cidades pequenas, aviões caindo e diversas privadas entupidas! É de morrer de rir, de espernear e chorar, morder a língua, bater a canela, chutar o balde, xingar a mãe e se atirar do edifício. É um lugar muito estranho, escalafobético é uma boa palavra. Toda essa respiração, esse arrependimento, essa bondade, esse fedor, esse investimento, esses ícones, relógios, cachorros, estrelas absurdamente grandes, psiquiatras, letras, vírgulas, e não saber como terminar a merda deste texto enfadonho, todos esses óculos, gentilezas e professores de português, tudo isso, e todo o isso, e todo o resto, e todo o nada, nada não!

Um comentário:

Luiz Netto disse...

Um dos melhores.