Desventuras insólitas e sei lá...

segunda-feira, abril 05, 2010

O Abismo

O abismo olha para o poeta
O escritor já abandonara o amor e o coração
E agora admira o abismo
Usa e abusa do abismo
O abismo
O abismo...
O mundo é um abismo
Entre o chão e o céu
A vida é um abismo
Entre o mar e o porrete
O homem é um abismo
Que escuta música ruim
A bicicleta é um abismo
O abismo é um olho verde e infinito
O abismo é algo
Que é fundo, mas tem fundo
É uma ponte
Que tenta correr para um incrível lugar nenhum
Mas sempre se esbarra
No escritor
Do abismo

Nenhum comentário: