Desventuras insólitas e sei lá...

sexta-feira, março 11, 2011

Textos Melancólicos

Como posso escrever textos melancólicos
Que fedem mendigagem e desespero
Mesmo sendo um nobre da Outra Ordem?
- Não da nova ordem ou da velha ordem, mas da Outra Ordem.
Daquela Ordem que ainda não identifiquei,
Mas que sempre esteve em mim e eu nela. -
Escrevo porque devo
Porque quando um texto me vê e pede a mim que seja endurecido
Materializado no quase material,
Neste abstrato metafórico que é mais contingente que a própria matéria
Não o nego
Não digo: "Vá embora! Não gosto de você, homem triste e sem futuro!"
Digo a ele, entre, sinta se em casa
Use do meu corpo e da minha mente
Como porta de entrada ao mundo dos fantasmas encarnados
Sou um poeta ético
E sempre atendo quando uma poesia respeitosamente me pede ajuda

Nenhum comentário: